fbpx

A OLIMPÍADA DE TÓQUIO E O DESAFIO DO EMPREENDEDORISMO

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Há três anos atrás publiquei esse texto apresentando minha visão sobre a semelhança entre os desafios de um atleta olímpico e o empresário que se aventura a empreender em nosso país. Nesta semana quando começa a Olimpíada de Tóquio, no Japão, achei oportuno trazer novamente esta reflexão aos meus leitores. Estamos há dois dias da realização da Olimpíada, na cidade de Tóquio no Japão. Este evento tem como característica a garra, força de vontade, confiança e o espírito esportivo dos atletas em busca da tão sonhada medalha de ouro, em busca do primeiro lugar no pódio, da glória.

Na busca deste sonho é fundamental que o atleta esteja preparado. Preparação neste caso envolve um extraordinário empenho para treinar, treinar e treinar incessantemente. Mas envolve também o conhecimento técnico de tudo que envolve a modalidade onde o atleta vai atuar, ou seja, preparo físico, condições do local da competição, alimentação, etc.

Se compararmos este cenário esportivo com as atividades empresariais no Brasil percebemos que aquele que decide empreender está entrando em uma verdadeira olimpíada, afinal as condições oferecidas pelos governantes das esferas federal, estadual e municipal tornam-se verdadeiros obstáculos que precisam ser superados todos os dias.

Quais são estes obstáculos?

Infraestrutura deficiente quando olhamos para os portos, aeroportos, ferrovias, estradas, sistema de saúde, segurança, economia, educação, etc. E para piorar a situação, um dos maiores obstáculos desta corrida em busca da vitória está no sistema tributário nacional, onde a gigantesca carga tributária leva embora boa parte dos lucros das empresas.

IBPT – Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação que faz  uma medição do montante arrecadado em impostos pelos governos através do  Impostômetro constatou que a arrecadação de impostos até este mês de julho/21, em plena pandemia, já está na marca de 1 trilhão e 419 bilhões de reais. É isso mesmo 1 trilhão!!!!!

Haja coração (e bolso) para suportar tantos impostos hein!

Não bastasse o aspecto financeiro dessa espetacular carga tributária pesando diretamente no custo dos produtos e serviços, estamos falando de umas das legislações tributárias mais complexas do mundo onde o custo indireto para o entendimento e cumprimento das obrigações decorrentes deste complicado sistema tributário também é gigantesco.

É fundamental o entendimento de toda a “parafernália” criada pelo governo para controlar uma montanha de tributos cobrados diariamente das empresas e dos cidadãos. Para auxiliar os  trabalhadores da área fiscal, um público que frequentemente está presente em minha página nas redes sociais, sugiro acompanhar sempre as notícias e informações sobre possíveis mudanças da legislação fiscal ou mesmo o aumento de impostos, já que é complicado saber o tempo todo de todas estas alterações.

Como superar os desafios nesta corrida do empreendedorismo?

Para vencer a corrida do empreendedorismo, é preciso dar atenção a alguns pontos. Sabemos que para realizar qualquer tarefa é preciso suar a camisa e aqui não será diferente. Trabalho, estudo, persistência, força de vontade, estratégia e boas ferramentas são as armas do sucesso.

É da maior importância também que o empresário mantenha um relacionamento estreito com seu Contador que será a pessoa certa para apoia-lo no caminho do crescimento.

Com perseverança é possível, sim, conquistar sua medalha de ouro, ocupando o primeiro lugar no pódio do empreendedorismo.

Desejo sucesso aos nossos atletas representantes do Brasil e sucesso aos empreendedores que fazem este país crescer.

ANTONIO SERGIO DE OLIVEIRA

Consultor Tributário, Professor e Palestrante

www.tributarioexpert.com.br 

https://www.instagram.com/tributarioexpert/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você!
Por Antonio Sergio de Oliveira Ocorrerá somente quando houver acordo…
Open chat