fbpx

Bloco K – Saiba quais são os principais registros!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Entenda o que é e como funciona o Bloco K, descubra o que acontece se ele não for entregue e conheça os principais registros incidentes à essa obrigação!

Todos sabemos bem que o Brasil é conhecido como um dos países que mais apresenta burocracias em todo o mundo – ainda mais para quem é empreendedor.

Sendo assim, é de suma importância conhecer todas as obrigações fiscais incidentes à atuação da sua empresa para que não venha a se deparar com problemas pelo caminho, tais quais as multas e sanções fiscais que podem dificultar em muito o desenvolvimento das atividades do seu negócio.

Sendo assim, resolvemos escrever este artigo para que você, empreendedor, compreenda o que é o Bloco K, como ele funciona e conheça os principais registros que estão incluídos nessa obrigação.

Boa leitura!

O que é e para o que serve o Bloco K?

Em suma, podemos dizer que o Bloco K é uma versão digital do Livro de Controle de Produção e Estoque, que tem por objetivo principal apresentar os relatórios de estoque e produção ao Fisco, através do SPED Fiscal.

Contudo, diferentemente dos outros blocos, o Bloco K do SPED Fiscal não tem objetivo de apresentar valores à fiscalização, mas, sim, os saldos iniciais, ferramentas, processos e matérias-primas, saldos finais, saldos movimentados de estoque, saldos movimentados de insumos, entre outros. 

O que acontece se não entregar o Bloco K?

Dessa maneira, tendo em vista que o Bloco K tem o intuito de erradicar a sonegação fiscal, a não apresentação ou apresentação com dados incorretos pode levar uma empresa a enfrentar multas e até mesmo o corte total dos serviços fornecidos pela Receita Federal do Brasil, como, por exemplo, a emissão de NFe. 

Sendo assim, vistos os dados acima, é de extrema importância contar com o apoio de um profissional com expertise para desenvolver o preenchimento e entrega do Bloco K do seu empreendimento.

Quais são os principais registros do bloco k?

O Bloco K exige o preenchimento de diversos registros sob pena de multa, caso as informações estejam incompletas ou não sejam entregues. 

Sendo assim, agora conheceremos alguns dos registros mais relevantes para o correto preenchimento do Bloco K.

Vamos lá? 

Registro 0150: Tabela de cadastro de participante

Preenchimento obrigatório com relação às pessoas físicas e jurídicas que tiveram algum tipo de participação durante o período a ser apurado.

É obrigatório conter dados como:

  • código do participante;
  • nome; 
  • CNPJ/CPF;
  • endereço; 
  • inscrição estadual; entre outras.  

Registro 0200: tabela de identificação do item

Cadastro dos produtos e serviços comercializados pela empresa. Sendo assim, o registro 0200 do Bloco K dispõe sobre todos os produtos, os acabados, os semi-acabados, etc.

Registro 0210: consumo específico padronizado

Lista de materiais padrão utilizados pela empresa em questão.

Registro K100: Período de apuração do ICMS/IPI

Representa o período de apuração do ICMS e IPI.

Sendo assim, é necessário ter em mente que este registro considera como período de apuração desde o primeiro dia do mês até o último. No entanto, podem existir casos onde o empreendimento possui mais de um período de apuração incluso no mesmo arquivo. 

Registro K200: estoque escriturado

O registro K200 dispõe quanto ao saldo em estoque da empresa ao término do período de apuração.

Dessa forma, vale lembrar que tais registros do Bloco K devem ser informados de acordo com sua classificação:

  • Produtos de propriedade da empresa e em seu poder;
  • Produtos de propriedade da empresa em poder de terceiros;
  • Produtos de propriedade de terceiros em poder da empresa;

Registro K220: movimentações internas entre mercadorias

Operações internas no período entre as mercadorias, excluindo as movimentações já consideradas nos registros: K230, K235, K250 e K255.

Registro K230: itens produzidos

O registro K230 aborda toda a produção realizada no empreendimento, considerando o período de apuração.

Registro K250: industrialização efetuada por terceiros – itens produzidos

Este item aborda toda a produção efetuada por terceiros, relacionando os dados do produto, bem como as quantidades disponibilizadas.

Registro K255: industrialização em terceiros – insumos consumidos

Relaciona insumos e quantidades gastas na produção de produtos informado no registro K250.

Outros Registros do Bloco K

  • Registro K210 – Desmontagem de mercadorias – Item de origem;
  • Registro K215 – Desmontagem de mercadorias – itens de destino;
  • Registro K235: insumos consumidos;
  • Registro K260 – Reprocessamento/reparo de produto/insumo;
  • Registro K265 – Reprocessamento/reparo – Mercadorias consumidas e/ou retornadas;
  • Registro K270 – Correção de apontamento dos registros K210, K220, K230, K250 e K260;
  • Registro K275 – Correção de apontamento e retorno de insumos dos registros K215, K220, K235, K255 e K265;
  • Registro K280 – Correção de apontamento – Estoque escriturado;
  • Registro K290 – Produção conjunta – Ordem de produção;
  • Registro K291 – Produção conjunta – Itens produzidos;
  • Registro K292 – Produção conjunta – Insumos consumidos;
  • Registro K300 – Produção conjunta – Industrialização efetuada por terceiros;
  • Registro K301 – Produção conjunta – Industrialização efetuada por terceiros – Itens produzidos;
  • Registro K302 – Produção conjunta – Industrialização efetuada por terceiros – Insumos consumidos.

E então, o que achou das informações que trouxemos sobre o Bloco K?

Lembre-se sempre de ter o apoio de um contador especialista para desenvolver a correta formulação e preenchimento do Bloco K para a sua empresa. Afinal de contas, temos absoluta certeza que você não vai querer se deparar com multas e sanções, certo? 

Sendo assim, entre em contato conosco! Será um enorme prazer poder ajudar.

Summary
Bloco K - Quais são os principais registros?
Article Name
Bloco K - Quais são os principais registros?
Description
Entenda o que é e como funciona o Bloco K, descubra o que acontece se ele não for entregue e conheça os principais registros incidentes à essa obrigação!
Author
Publisher Name
Tributário Expert
Publisher Logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você!
Saiba mais sobre o que é o SPED Contábil e…
Open chat