Bloco H – Quais são os critérios para mensurar o seu estoque?

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Saiba mais sobre o que é o Bloco H e entenda os critérios para organizar o seu estoque com maestria!

Abrir uma empresa exige tanto de seu estabelecimento quanto de você, afinal, “segurar a barra” de ser um empreendedor não é uma tarefa fácil, por essa razão, muitos desistem antes mesmo de começar.

Mas você não cedeu, e persistiu insistentemente para alcançar os objetivos que, ambiciosamente, acreditou que atingiria em um futuro, que não necessariamente precisaria ser próximo, mas, independente do tempo, te daria frutos doces.

Então, foi essa garra que te lançou em meio a um mar de ideias novas, negócios novos e desejos maiores a cada desafio vencido. Realmente, ao longo da subida da escada do sucesso, é visível como ficamos com horizontes maiores, e queremos cada vez mais olhar para ele, imaginando o que ele pode nos oferecer a seguir.

Sendo assim, você chegou onde chegou, ainda olhando longe… até onde sua determinação pode te levar, dando passos que nunca antes seriam nem ao menos imagináveis, hoje, são realidades. 

Então, para enfrentar os novos desafios que estão por vir nessa caminhada para conquistar o futuro, vamos falar do Bloco H e os critérios que ele exige para os seus estoques!

E então, vamos lá? Boa leitura!

O que é o Bloco H?

O Bloco H é um registro – em meio a muitos outros – do SPED Fiscal, e seu informe é feito por meio da EFD, ou melhor dizendo, a Escrituração Fiscal Digital. 

Ele tem por objetivo transmitir as informações do estoque das empresas para a Receita Federal, assim, objetivando fornecer dados sobre inventário do fisco que o seu negócio possui, permitindo uma identificação eficiente.

Entenda quais são os critérios exigidos no Bloco H para mensurar o seu estoque de maneira correta!

O Bloco H é uma parte importante nas documentações de um empreendimento, sendo assim, é preciso que as regras estabelecidas para o seu estoque entrar em conformidade com sejam seguidas à risca. 

E, para isso, viemos explicitar o que é necessário para que a legalidade de sua armazenagem esteja conforme os padrões:

  • A pessoa jurídica em si deve fazer a averiguação e análise dos estoques dispostos após a apuração do imposto de renda;
  • Itens que passarão por avaliação serão feitos por:
  • custo de aquisição: mercadorias, as matérias-primas e os bens em almoxarifado;
  • custo de produção: produtos em fabricação e os produtos acabados.
  • Os valores dos itens no final da apuração do imposto de renda poderá ser:
  • o custo médio dos itens disponíveis no período contemplado;
  • o custo dos itens adquiridos e produzidos mais recentemente, e a análise será baseada do preço da venda menos a margem de lucro;
  • Caso as informações não sejam satisfatórias e compreendam as indicações dos tópicos acima, os estoques precisarão de uma avaliação.

Sendo assim, cumprindo esses aspectos para mensurar o seu estoque corretamente, o Bloco H estará correto e pronto para ser registrado!

Gostou do conteúdo? Compartilhe o conteúdo nas redes sociais e deixe seu comentário abaixo, assim, poderemos responder suas perguntas o mais rápido possível!

Summary
Bloco H - Quais são os critérios para mensurar o seu estoque?
Article Name
Bloco H - Quais são os critérios para mensurar o seu estoque?
Description
Saiba mais sobre o que é o Bloco H e entenda os critérios para organizar o seu estoque com maestria!
Author
Publisher Name
Tributário Expert
Publisher Logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você!
Saiba mais sobre como calcular o seu custo de armazenagem…
Open chat
Powered by